Dentro da mente de alguém com ansiedade noturna

Às vezes as pessoas me perguntam: “Por que você não dorme?” Ou “Por que você não pode apenas beber um pouco de chá à noite para ajudá-la a dormir?”

Mas não é tão fácil para alguém com ansiedade.

Eu sei que para mim não é. Eu tento tudo: chá quente, banhos quentes, óleos essenciais, meditação. Me diga algo e eu provavelmente já tentei, mas minha ansiedade normalmente é quem dita minha mente. A ansiedade existe para mim durante todo o dia, durante atividades sociais ou estresses diários, idas ao mercado e até para ver amigos. Mas à noite, é uma outra história. A noite é a mais difícil. É quase como se minha mente soubesse que não há mais nada para eu fazer quando tudo que quero é dormir. Minha ansiedade fica com ciúmes que durante o dia, normalmente estou ocupado e distraída. Então, à noite, decide aproveitar a oportunidade para finalmente ter atenção total. Eu tenho toda a intenção de ir para a cama em um tempo razoável e obter minhas oito horas completas de sono. Eu bebo meu chá, aconchego-me na cama e leio um livro, mas no meio da xícara de chá ou do livro, começo a imaginar o que deveria estar fazendo.

“Eu deveria estar lavando mais roupa? Eu deveria estar lavando mais pratos? E se eu não conseguir acordar na hora de ir trabalhar ou ver meus amigos ou marcar minha consulta? Vou perder meu emprego? Meus amigos me rejeitarão? Eu não tenho notícias deles há algum tempo, eles me odeiam? O que eu fiz errado? Eu devo tê-los deixado com raiva. Meu namorado vai me deixar porque não aguenta mais minha ansiedade? Se eles me deixarem, então eu estarei sozinho novamente, então meus amigos vão embora e minha família me culpará e eu vou perder meu emprego e acabar completamente sozinha e sem valor. Eu deveria estar dormindo em vez de ler um livro, eu não deveria beber tanto chá. Não pode ser bom para mim. E se isso me deixar doente? Meu estômago está doendo? Eu aposto que estou morrendo. Aposto que estou morrendo e nem sei disso. Eu preciso ir dormir. Eu vou meditar. Espere, eu não sei meditar. Eu tenho muitas outras coisas mais importantes para pensar, como meu trabalho e minhas contas e o que eu vou fazer para o jantar. Eu me sinto tão mal porque não cuido de mim mesma. Quando foi a ultima vez que tomei banho? Oh meu Deus, eu tomei um banho hoje? São 3 da manhã, mas devo tomar um banho. Mas, se o fizer, não vou dormir nem posso chegar atrasada para o trabalho e depois perderei o emprego.

Não é fácil à noite quando minha ansiedade assume o controle. Algumas noites, eu não durmo mais e na maioria das noites, eu durmo porque estou muito exausta das noites anteriores. É difícil para as pessoas ao meu redor entenderem, então eu costumo dizer: “Ah, estou bem. Eu simplesmente não me sentia bem”, ou, “Eu estava assistindo uma série e perdi a noção do tempo, vou ficar bem”.

Essas são minhas desculpas porque é difícil admitir que minha ansiedade me mantém acordada à noite. A ansiedade não é apenas se preocupar com pequenas coisas; é sobre ir do pensamento “normal” para pensar na pior coisa que pode acontecer em um curto período de tempo. Para mim, às vezes acaba em um ataque de pânico total. O sono nunca é realmente atingido devido às responsabilidades diárias da vida. Então, a ansiedade começa novamente na noite seguinte.

A melhor coisa que posso fazer é continuar me dizendo que vou ficar bem e falar com alguém que entenda. Ou eu posso até confiar em meus animais de estimação, abraçando-os e agradecendo por me amarem do jeito que eu sou.

Ass.

Tiffany Baierl.

Agende sua sessão de Terapia Online

A Mente Amiga oferece psicólogas incríveis para que você possa fazer terapia de qualquer lugar no mundo! Para encontrá-los,  basta clicar no botão ao lado e realizar o seu cadastro! 

Rolar para cima