Não há problema em ter superado o câncer e ainda se sentir triste

Você sabe quando quer um carro novo e de repente vê aquele carro novo na estrada o tempo todo?

Isso vem acontecendo com artigos de câncer
De repente eu estou vendo uma série de artigos de câncer sobre exatamente o que eu tenho sentido. 
É como se eu pudesse ter escrito eles. 
E é como se eu pudesse tê-los escrito porque muitos de nós “nenhuma evidência de doença” (NED) todos sentem o mesmo.

O sentimento de culpa.

Nós sobrevivemos
Nós somos NEDS. 
Então, por que ainda estamos nos sentindo tristes? 
Por que estamos tão culpados que nos sentimos tristes e preocupados quando na verdade nós “sobrevivemos?”

Culpa de que devemos viver a vida ao máximo. 
Que devíamos estar andando por aí cheirando rosas constantemente, ouvindo as ondas do oceano, bebendo chás exóticos e comendo sementes de chia.

E gosto de pensar que fazemos isso. 
Menos as sementes de chia.

Mas outras vezes somos envolvidos pelo medo. 
E tristeza. 
ansiedade
E culpa. 
E medo. 
(Sim. Claro que percebi que disse medo duas vezes).

Estamos vivendo.

O câncer já nos deixou. 
Nosso cabelo está de volta. 
Nossas cicatrizes não são mais roxas. 

(No entanto, nunca nos livramos das nossas pequenas tatuagens de radiação azul.)

Mas aqui estamos nós. 
Cheios de medo. 
E às vezes triste. 
Ocasionalmente escondendo a culpa. 
Frequentemente irritados.

Não temos o direito de ter medo e tristeza porque somos NED.

Eu chamo isso de besteira.

Claro que temos o direito.

Eu não me importo se você estava “apenas” precisando de uma mastectomia ou se você estava no regime completo de quimioterapia, radiação e cirurgia (durante a cirurgia). 
Estágio 1 vs. estágio 3. 
Você teve câncer.

E lembre-se, na vila do câncer, não há sorte no câncer, então não se atreva a se sentir culpado por ter esses sentimentos porque você foi um dos “sortudos”.

Explique-me a sorte em ter câncer.

Eu estou a 13 meses fora do meu último tratamento. 
Meu cabelo pode entrar em um rabo de cavalo.

Os cheiros de frango não me repelem mais e meu mapa do tesouro de corpo também não.

Mas acredite em mim, eu temo. 
E procuro por caroços e inchaços. 
E muitas vezes não consigo respirar porque odiei que meu livro tenha não um, mas dois capítulos sobre câncer.

Mas aqui está a coisa. 
Claro que estamos “supostamente” cheirando rosas, mas lembre-se disso …

Você não precisa sentir o cheiro delas diariamente.

Ass.

Abby Stern

Agende sua sessão de Terapia Online

A Mente Amiga oferece psicólogas incríveis para que você possa fazer terapia de qualquer lugar no mundo! Para encontrá-los,  basta clicar no botão ao lado e realizar o seu cadastro! 

Rolar para cima